Em busca da verdadeira TERRA DO NUNCA

Fonte: http://universal.globo.com/

 Com o mundo em que vivemos, acredito viver na Terra do Nunca. Muitas pessoas vão dizer: “isso é loucura! Você vive no mundo da lua!” e tal. A realidade é essa. Quando você pensa de forma diferente, ou melhor, tem um sonho, muitas pessoas poderão dizer: "você nunca vai conseguir". Mas será que sonhar é apenas sonhar? Por isso reafirmo, vivemos na Terra do Nunca. Nunca, nunca, nunca!!! Tudo bem, muitas vezes ultrapasso da realidade e me pego exalando imaginação, fantasias e muitos sonhos. Real ou não, sempre acreditarei, o impossível é só questão de opinião. 
 Freud sempre foi considerado maluco, hoje é referência e considerado o pai da psicanálise. Usar a imaginação e sonhar não tem idade. Não é questão de maturidade, é apenas unir os sonhos e transformá-los em realidade. 
Já comentei isso há certo tempo. As crianças estão cada vez mais precoces. Elas foram feitas para brincar, ler e sonhar; deixar sua imaginação voar longe. Claro, toda criança precisa de disciplina, para tudo na vida necessita do equilíbrio, regras que valerão para sua formação de personalidade. Essa semana, fui a certa loja, observei as roupas da seção infantil; conclusão, são clones da seção adulta. Triste, criança precisa ser criança. Pular essa fase pode tornar adultos frustrados e sem criatividade. 
 Penso eu, ser papel dos pais, se preocuparem em ajudar seus filhos a terem sonhos e acreditarem neles. As histórias de faz de conta também se incluem nisso. Agradeço meus pais por terem me proporcionado a melhor infância. Isso não foi realizado com luxos, muito dinheiro e falta de atenção. Pelo contrário, tive carinho, atenção, disciplina nas horas certas e muito apoio nas minhas imaginações. 
Sempre acreditei no faz de conta, no pó mágico da Emília, que eu poderia ser engolido pela mesma baleia gigante do Pinóquio, caso eu mentisse para meus pais e por ai vai. Sempre amei escrever, sonhei ser jornalista e hoje eu sou. Não tenho dinheiro, sou apenas feliz em ter o poder de soltar minhas criações mentais por meio da escrita. Ainda sonho, às vezes até penso em voar e chegar à verdadeira Terra do Nunca. Consigo tudo isso quando fecho os olhos e me solto na criatividade mental. Louco? Acredito não ser, sou apenas um eterno sonhador. Se eu não tiver esperança em algo, como posso viver nessa sociedade predadora de sonhos e infâncias? As crianças são sinceras e os adultos, geralmente, não. 
 Por isso repito, pais deem mais atenção aos vossos filhos incluindo muitos carinhos. Por mais que digam besteiras das mais cabeludas, ESCUTEM. Dinheiro não é tudo e jamais comprará sentimentos verdadeiros e muito menos imaginação. Você também já foi criança e a culpa é do crocodilo Tic Tac ... o tempo persegue todos nós. 
 Crianças, apenas digo para sonharem, soltarem suas mentes. Isso faz bem! Se te chamarem de louco por sonhar, lembre-se: " Estou no caminho certo". Quando ficarem adultos, isso no tempo certo, vão ver como a vida adulta fica mais legal quando sonhamos. 
 Tudo é possível. A verdadeira Terra do Nunca existe e qualquer dia desses o Peter Pan ou a Sininho falarão com você. 
 Acredite, isso só depende de você. Pense como deve ser, basta acreditar, feche os olhos e estará em cada página da sua imaginação.









Siga o blog nas Redes Sociais: Twitter + Facebook + Instagram

Camila Tuan

28 anos, blogueira há 13, paulistana que virou caiçara, escreve no blog dicas e opiniões sobre diversos assuntos. Começou a blogar por indicação de uma amiga e hoje escreve por amor e diversão.

14 comentários:

  1. Fico triste em ver como nossas crianças pulam etapas! Devemos curtir cada época, cada sonho, cada desejo, cada fase!

    Beijos!

    EsmaltadasdaPatyDomingues

    ResponderExcluir
  2. Tudo que você disse é a mais pura verdade. às vezes fico pensando e tenho medo de ter um filho, porque e se eu não souber dar o devido valor à uma família? Não souber ser alguém na vida dele... É tão complicado!

    ResponderExcluir
  3. Oi, desculpa, eu comentei errado, me dá uma segunda chance? Acabou indo outro comentário que fiz em outro blog junto, me perdoa! Então, só queria dizer que hoje em dia as pessoas tentam dar pras crianças uma compensação por não terem o tempo real pra se dedicarem, por terem que trabalhar muito e acabam investindo mais em bens materiais, sem pensar no estímulo dos sonhos, da busca pelas coisas que quer, de coisas simples e da dedicação. Mas não digo que isso é culpa dos pais, isso é meio que um reflexo da sociedade em geral.


    Beijos
    Brilho de Aluguel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thay, disse tudo! Eu tenho trabalhado com crianças recentemente e vejo que elas têm tudo da última geração. Mas ao mesmo tempo apresentam um vazio emocional muito grande, é super triste. Elas estão carentes de atenção e cuidados, timidamente pedem abraços, ou encostam a cabeça no meu ombro... Me dói muito o coração ver isso, e me faz pensar no estilo de maternidade que quero exercer por aqui chegada a hora.
      Beijos!
      Blog Amanda Hillerman

      Excluir
  4. Concordo muito com você! Eu fico bem triste se paro para pensar em como muita coisa na nossa sociedade anda acontecendo, e é uma coisa que acaba sendo bastante complexa. Acredito que devemos fazer todo o bem e mudanças positivas que estar ao nosso alcance. E, bom, termos consciência da nossa própria vida e de nossos valores é um ótimo ponto de partida. Adorei sua reflexão!
    Beijos,
    Bru
    http://www.moderando.com

    ResponderExcluir
  5. Esse texto foi bem reflexivo! Vejo meus sobrinhos crescerem e percebo como eles estão pulando etapas. E não digo isso com a criação que eles tiveram, mas pelos amiguinhos =/

    ResponderExcluir
  6. Oi, Régis!

    É realmente triste ver crianças se preocupando com moda e gadgats. Elas não sabem como é correr na rua, brincar, se relacionar (fora do mundo virtual). É lamentável pq eles são os futuros profissionais robotizados que tocaram o mundo.
    Concordo com vc, as crianças precisam sonhar.

    Abraço.
    http://www.vaigarota.com/

    Ps. Beijo, Camilaaaa!

    ResponderExcluir
  7. Adorei essa concepção de "terra do Nunca" pelo ponto de vista do mar de negatividade em que vivemos... É impressionante como uma pessoa que saiu dos padrões e atingiu o sucesso é admirada, mas lá no início quando a ideia surge TODO MUNDO VAI CONTRA, só sabe dizer que que NUNCA vai dar certo, que é loucura tentar, que a gente tem que crescer e encarar o mundo como ele é.
    Pois é bem melhor pensar como criança e ver o mundo não como ele é, mas como deve ser =D

    ResponderExcluir
  8. Texto muito bonito!
    hoje em dia a criação infantil tem estado tão mecânica. Os pais trabalham cada vez mais achando que só dinheiro é o suficiente pra manter uma criança saudável D: é bem triste

    beijo
    beinghellz.com

    ResponderExcluir
  9. Concordo com você, os tempos mudaram. Na nossa sociedade as pessoas querem ser as primeiras a criticar a apontar um erro. Gostam de empurrar para baixo parece. Ai se você não tem a mesma ideia de trabalhar em uma empresa com carteira assinada.
    E isso dos filhos é verdade, é bem mais fácil dar tudo o que a criança quer, e esquecer da atenção. O trabalho em primeiro lugar, sempre.

    Beijos, Love is Colorful

    ResponderExcluir
  10. Acho uma pena as crianças de hoje não aproveitarem a infância como a gente aproveitou.
    Temos tempo para tudo nessa vida.
    Beijos
    Jana Makes Esmaltes e Cia

    ResponderExcluir
  11. Ameeeeeeeeeei o texto e concordo plenamente, é muito triste quando uma criança pula a etapa infância e já parte pra vida adulta, infelizmente isso está ocorrendo com muita frequência nos dias de hoje.. Beijokas :)

    ResponderExcluir
  12. Queria eu voltar a ser criança. Se dependesse da minha vó, eu ainda me vestiria e me sentiria como uma criança. Porque os sonhos eu ainda tenho e que continuam crescendo cada dia mais e mais. Cada dia que passa, meus sonhos aumentam, porque são tantos... Hahaha! E uma vida sem sonhos, sem esperança, é uma vida sem sentido né? Enfim, adorei o post!

    Beijos!
    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
  13. Se eu pudesse, seria como o Peter Pan, criança para sempre! Pena que hoje as crianças não querem mais ser crianças.

    Beijos ♥

    Jéssica || Fashion Jacket
    www.fashionjacket.com.br

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!
Comentários do tipo "segue que eu sigo de volta!" serão ignorados.